Olá, sou Marcus Aquenaton – CEO do Planeta Y – e gostaria de falar um pouquinho sobre um tema que é bastante recorrente, hoje, em algumas rodas de marketing educacional, gestão educacional e alguns eventos que acontecem pelo mercado:

Trabalhar com redes sociais no ambiente universitário

Primeiro, vamos fazer uma análise bem interessante e admitir: Ninguém gosta de admitir que está fazendo um trabalho errado ou que está fazendo um trabalho pela metade ou mesmo que faz um trabalho mal feito.

Todo mundo gosta de falar muito dos Resultados que são gerados.

Todo mundo gosta de falar sobre Métricas publicitárias: curtidas, compartilhamento de posts e crescimento do número de pessoas que seguem determinada página ou perfil da sua instituição de ensino.

Mas, o que é ser um líder de um programa de mídias sociais em uma IES?

Será que isso que é ser gestor de redes sociais?

É isso que é trabalhar a gestão da marca em um ambiente digital?

Eu acho que não. Acho que essa é uma forma muito rasa de se entender o ambiente do funcionamento digital e principalmente a presença digital de uma instituição de ensino.

É muito importante preocupar-se com as mídias sociais em uma IES.

O que é trabalhar com monitoramento?

Monitoramento é relacionamento.

Muitas instituições de ensino têm um Call center, não é mesmo?

Elas dão importância pro Call center.

Elas sabem que o Call center:

  • recebe ligações – seja de alunos ou comunidade externa
  • tira dúvidas a respeito de seus produtos – localização, serviços, palestras, campanhas de captação

Como também, essas equipes de Call center são responsáveis muitas vezes por grande parte do resultado da captação, afinal:

  • ligam para o inscrito que não pagou
  • ligam para o  aluno pouco antes da data da prova para lembrá-los de comparecer à prova
  • ligam para comunicar sobre a aprovação
  • chamam para  fazer matrícula
  • depois de um tempo ligam para falar de renovação

Ok.

De que forma isso é diferente num ambiente de redes sociais?

IES que dá importância ao relacionamento nas mídias sociais tem melhores resultados na captação e retenção de alunos

No trabalho de um analista de mídias sociais, ele vai lidar com métricas publicitárias, mas também com métricas de relacionamento e com scripts extremamente preparados pra fazer uma gestão moderna de SAC 3.0 dentro do monitoramento das mídias sociais

Você consegue, em um ambiente que muitas vezes é aberto, através de um sentimento, de um pensamento alto, de uma postagem de um usuário no Facebook ou no Twitter, por exemplo, identificar uma oportunidade de captação.

A Mídia offline também é importante! Mas não conversa com o aluno ou com o vestibulando.

O folheto, a tv, o folder, o outdoor, o busdoor ou o rádio chegarão no autor daquela citação?

Não.

Quem é que chega?

O analista de mídias sociais!!!!! Através de um programa de mídias sociais. Através do monitoramento dessa citação.

Quer saber um pouco mais sobre como trabalhar o monitoramento de redes sociais, com o relacionamento no SAC 3.0 e aumentar a captação e a retenção de alunos?

Acompanhe e baixe nossos materiais.

Ou então entre em contato conosco. Vamos agendar uma visita ou um call e a gente conversa um pouco mais sobre isso. Valeu?!

Marcus Aquenaton: CEO – Planeta Y. Durante 15 anos atuei como gestor de marketing e comunicação no Ensino Superior. Passei por diversas universidades. Fiz parte de comitê de estratégia e inovação e palestrei em diversos eventos do mercado educacional brasileiro. Ao longo deste tempo, foram mais de 100 mil novos alunos captados, seja por meio de campanhas de vestibular, seja através de campanhas de relacionamento, do offline e eventos ao online e social media.