Em alguns de nossos textos, os mais atuais, vez ou outra comentamos sobre as Personas. Hoje, vamos explicar o conceito desse importante passo para uma atuação estratégica não só nas mídias sociais, mas também na produção de conteúdo para o seu portal, e-mails marketing e outras estratégias digitais.

Porém não basta apenas explicar, mostraremos também como construir uma persona e alguns dos principais momentos para utilizá-las.

Mas afinal, o que são personas?

As personas são uma representação semi fictícia do seu cliente ideal. Elas são fundamentais para compreender profundamente as necessidades e desejos do seu público alvo. Porém, persona e público alvo são conceitos diferentes. O público alvo da sua instituição de ensino são geralmente: Homens e mulheres, de 17 a 35 anos, que procuram ingressar em uma Universidade.

A persona é a personalização de um cliente, como mostraremos em um exemplo abaixo.

A definição mais simples de uma Persona é:

“A persona é um personagem fictício que representa as principais características e objetivos de um grupo de clientes, identificado e selecionado como um alvo chave para a empresa”

A utilização das personas ajudará você e sua equipe a identificar o caminho certo para alcançar pessoas interessadas a estudar na sua instituição de ensino. Tais personagens facilitam a humanização do diálogo, pois se aproximam bem mais do real e nos ajudam a compreender melhor esse tipo de pessoa.

Como criar uma persona?

As personas são criadas através de pesquisas, avaliações, entrevistas, netnografia e monitoramento. Elas são baseadas em dados reais sobre as características demográficas e comportamento dos seus atuais alunos, suas motivações, objetivos, desafios e preocupações.Essas buscas por informações são feitas com todos os tipos de pessoas que se relacionam com a sua marca educacional: alunos, ex-alunos, prospects e outros.

Por serem muito específicas, o número de personas pode variar de instituição para instituição, dependendo dos serviços educacionais oferecidos por cada uma delas.

Passo a passo para criar a sua Buyer Persona

1º passo: Entenda e separe quais tipos de pessoas temos na instituição.

Esse processo pode ser realizado com base no conhecimento que a instituição possui sobre seu público (lembrando que é necessário dados além dos demográficos), entrevistas e/ou busca nas mídias sociais.

2º passo: Prepare um documento de perguntas que você gostaria de saber sobre o seu cliente ideal.

Você pode fazer entrevistas com seus alunos e prospects, tentando responder o máximo de perguntas que conseguir. As análises dos rastros digitais também irão contribuir muito nesse processo, pois é lá que você entenderá com quem o aluno se relaciona, quais assuntos mais se interessa, lugares que costuma frequentar, etc.

Suas perguntas devem ser relevantes e levar em consideração informações como:

    • Nome, idade, sexo, nacionalidade, classe social, renda, localização
    • Escolaridade (Estou em colégio particular ou público?)
    • Profissão (Trabalha ou só estuda?)
    • Profissão do pai e da mãe (Seu prospect precisa ajudar em casa ou seus pais tem condição de investir nos seus estudos?)
    • Moradia (Qual a distância da sua casa até a Universidade?)
    • Atividades que realiza na sua vida pessoal, social e acadêmica;
    • Tipo de informação que consome, em quais veículos;
    • Como é um dia típico em sua vida;
    • Hobbies;
    • Tipos de comentários/preocupações ele tem sobre o ensino superior;
    • Aspirações;
    • Comportamento de compra;
    • O que espera da IES e como se relaciona com ela;
    • Comportamento digital: dispositivos móveis, mídias sociais, frequência de acesso, tecnologia, etc;
    • Já sabe qual o curso deseja ou ainda está na dúvida?

2º passo: Monitore o que é dito sobre a sua instituição de ensino nas redes sociais

Veja os hábitos dos seus alunos e dos interessados em estudar na sua IES, identifique citações sobre a infraestrutura da sua Universidade, sobre os professores, a localização e outros indicadores relevantes para sua IES.

3º passo: Visite o perfil dos seus seguidores no Facebook, Twitter e outras mídias

Tente descobrir interesses e características semelhantes entre eles. Entenda suas aspirações, seus desejos, suas motivações, atitudes e tudo mais que for relevante para a sua IES.

É nas mídias sociais que deixamos rastros sobre as nossas preferências (que tipo de música gostamos, filmes), com quem costumamos nos relacionar, lugares que frequentamos, nossas opiniões políticas, insatisfações… Ao acessar os perfis de nossos alunos ou candidatos podemos encontrar uma série de informações que serão nossa base de dados para nossa análise.

Essa análise pode ser norteada por uma metodologia conhecida como Netnografia ou Etnografia Virtual. Robert Kozinets, criador desse método, adaptou a Etnografia, muito utilizada pelos antropólogos, para o estudo no ambiente digital. Dessa forma, a observação – principal característica da Etnografia – também passa a ser realizada nas redes sociais digitais.

4º passo: Agrupe as informações semelhantes e analise cada um desses grupos individualmente.

Provavelmente, cada grupo que surgir será uma persona diferente, como afirmamos anteriormente, o número de personas depende das particularidades da sua instituição de ensino.

5º passo: Transforme cada grupo em uma “pessoa real”.

De acordo com os resultados das suas entrevistas e com as informações coletadas você conseguirá identificar se o seu cliente ideal é homem ou mulher, se ele possui 17 ou 25 anos. Se ele só estuda ou se também trabalha, se ele possui condições de arcar com o pagamento do curso ou se precisará de financiamento.

Para transformar a sua persona em uma “pessoa real” você precisa dar a ela um nome, um rosto e contar a sua história. Entenda não apenas o que sua persona é, mas também porque ele ou ela optou por esse caminho.  

Exemplo:

persona-exemplo

Como aplicar as personas na sua estratégia digital?

A criação das personas irá auxiliar você e sua equipe na determinação dos tópicos, assuntos e tipos de conteúdo que você precisa criar para atingir seus objetivos de captação ou retenção de alunos. Ela ajudará também a definir a linguagem, o tom e o estilo desse conteúdo.

Quando você desenha suas estratégicas de marketing com foco em suas personas sua campanha tende a ser muito mais assertiva e assim atingir uma maior quantidade de pessoas que possuem o perfil de um interessado em sua instituição de ensino. Pois com as personas você conseguirá entender onde os prospects buscam suas informações e como eles querem consumí-las.

Conte histórias para essas personas com base exatamente em suas necessidades e anseios!

Equipe Planeta Y: Sempre de olho no que acontece nas Redes Sociais, nossa equipe de especialistas digitais traz para você os novos insights em estratégia para mídias sociais, direcionadas para o Mercado Educacional.