Nós sabemos que todo bom profissional de marketing ativos em grandes ou pequenas instituições de ensino têm o desejo de bater grandes metas de captação de alunos, ter seu trabalho reconhecido, tornando a IES em que trabalha uma das maiores do mercado em que atua, não é mesmo? Porém, muitos desses profissionais e instituições de ensino ainda não estão preparadas financeiramente para alcançar esse objetivo.

Como fazer, então, para trazer resultados em vendas para a minha instituição de ensino com pouco investimento? Siga algumas das estratégias mais eficazes e relativamente de baixo investimento do marketing digital para se sobressair. Aproveitamos para deixar bem claro que é possível, sim, construir uma estratégia de redes sociais muito poderosa com pouco investimento, porém é preciso muita dedicação e empenho de todos os envolvidos.

Como captar mais alunos com pouco investimento nas redes sociais

1. Monitore suas redes sociais SEMPRE!

Já falamos isso algumas vezes por aqui: se você realmente deseja resultados diferentes, você precisa adotar estratégias diferentes. O monitoramento de redes sociais é uma prática fundamental para o sucesso da sua estratégia digital. Com ele você conseguirá identificar não apenas os canais mais relevantes para a sua estratégia como também oportunidades, pessoas apaixonadas e influenciadores da sua marca educacional.

O seu gestor não acredita ou não disponibiliza orçamento para a aquisição de uma ferramenta profissional de monitoramento? Nós podemos te ajudar! Aqui está um conteúdo com 5 dicas para convencer o seu gestor a investir nas mídias sociais.

Eu sei que começamos esse texto afirmando que as sugestões aqui disponibilizadas seriam para equipes e ou profissionais que possuem pouco ou nenhum investimento. Porém, a aquisição de uma solução de monitoramento de redes sociais exclusiva para o mercado educacional pode ser um investimento relativamente baixo quando consideramos o esforço e o tempo gasto pelos analistas para coletar, documentar e classificar uma grande quantidade de dados.

Você sabia que existem planos de 399,00 por mês em que essa ferramenta especializada na mercado educacional entrega para o seu analista 100 citações completamente higienizadas (somente citações que mencionam a sua IES), polarizadas (positivo, negativo e neutra) e ainda classificadas de acordo com os 10 indicadores do mercado educacional (captação, empregabilidade, localização, atuação ética, corpo docente, credenciamento mec, preço, qualidade de ensino, infraestrutura e relacionamento).

Caso a aquisição de uma ferramenta de monitoramento paga não seja uma possibilidade no momento, ainda assim sugerimos que você use as ferramentas gratuitas disponíveis no mercado. O importante é adquirir o hábito de coletar dados relevantes nas redes sociais e transformá-los em dados estratégicos para a sua instituição de ensino.

2. Esteja presente nas mídias sociais mais relevantes

Ao iniciar o seu processo de monitoramento de redes sociais você terá acesso a informações poderosas sobre o seu negócio. Uma das informações mais relevantes é a identificação dos canais mais relevantes para a sua marca educacional. Com essa informação em mãos você poderá concentrar suas ações apenas nos canais que podem trazer retorno em vendas para a sua IES.

Por exemplo, o Google+ não tem trazido visitas para a sua instituição de ensino? As pessoas não fazem mais check-in no Swarm, ou não deixam mais recomendações no Foursquare? Talvez seja o momento de rever a sua estratégia para esses canais. É claro que a sua presença nessas mídias é relevante, porém, como o investimento é baixo, talvez seja mais eficiente focar em mídias como Facebook, Instagram, Twitter  e outras, cujo o retorno é mais garantido.

midias mais relevantes

Quando damos início a um projeto com pouco investimento a primeira coisa que precisamos ter em mente é que, como possuímos poucos recursos, eles devem ser gastos, sempre, pensando em sua máxima eficiência. Por exemplo, se você possui uma verba máxima de R$100,00 por mês para investir nas redes sociais, você pode utilizar esse budget para aumentar o alcance das suas publicações no Facebook ou investir no Facebook Ads. Para que você consiga potencializar os recursos disponíveis para a sua estratégia digital, criamos um conteúdo sobre o Retorno do Investimento: como mensurar o ROI nas Redes Sociais. Confira!

Analise os rastros digitais do seu público

Uma das principais vantagens das redes sociais é que usuários que nela se aventuram constantemente deixam rastros – pegadas – digitais. Esses rastros, ou pegadas, muitas vezes nos mostram os interesses, o comportamento e a forma como esses usuários preferem se relacionar com as marcas nas redes sociais.

O monitoramentos dessas pegadas e a análise de alguns rastros deixados nesses canais podem contribuir muito para o seu processo de captação de alunos. Como? Imagine um aluno que acabou de concluir o ensino médio e está a procura de informações sobre qual carreira seguir. Ele ainda não sabe qual universidade cursar, mas está aberto a opções. O que esse aluno precisa é de um material muito rico que o ajude a escolher a profissão ideal para ele e consequentemente um curso que esteja alinhado com seus objetivos.

Muito provavelmente esse aluno publicará em suas redes sociais o tipo de informação que está precisando, pedirá a opinião de seus colegas e familiares e ao final compartilhará o resultado de suas pesquisas. Essa é uma excelente oportunidade de iniciar um relacionamento com esse aluno e ajudá-lo a tomar a melhor decisão.

Produza conteúdo de qualidade

Para que você consiga ajudar os seus prospects a tomar a melhor decisão para eles, ou seja, para que eles escolham a sua instituição de ensino, você precisa criar conteúdos relevantes.

Para conseguir produzir conteúdo de qualidade com pouco investimento você vai precisar:

  • Uma pessoa responsável para escrever os artigos.

Um estagiário de Redação para Web custa em média R$600,00 + benefícios. O ideal é que você contrate pelo menos 1 para não haver sobrecarga de trabalho para a sua equipe.

  • Um estudo para definir personas

As personas são uma representação semi fictícia do seu cliente ideal. Elas são fundamentais para compreender profundamente as necessidades e desejos do seu público alvo. Aprenda como criar uma persona para as redes sociais agora mesmo!

  • Definição dos gatilhos

Os gatilhos são possíveis problemas que o seu público alvo tem e que a sua instituição de ensino pode resolver. Liste esses problemas e crie conteúdos que ajudem o seu público a resolvê-lo.

  • Assuntos de interesse do seu público

Para facilitar a organização dos seus conteúdos, você vai precisar também contextualizar esse conteúdo inserindo o assunto ou tema principal do texto. Você estará falando de um curso em particular, sobre financiamento estudantil ou teste vocacional? Agrupe os conteúdos relacionados.

  • Um calendário editorial

Preparamos especialmente para você uma planilha de Planejamento de Conteúdo por Personas que irá ajudar você a organizar seus conteúdos, personas e gatilhos. Nela você encontrará todas as informações disponíveis acima visualmente organizadas para auxiliar a sua produção de conteúdo. Espero que seja útil para você.

Mais resultados a longo prazo

Esses são apenas os primeiros passos para uma atuação estratégica nas redes sociais. Para que suas ações acarretem resultados em vendas para a sua instituição de ensino, você vai precisar criar uma estratégia consistente de publicações e divulgação desses conteúdos, além de planejar com muita assertividade um processo de atendimento ao consumidor (SAC) via redes sociais. Vamos começar?

Equipe Planeta Y: Sempre de olho no que acontece nas Redes Sociais, nossa equipe de especialistas digitais traz para você os novos insights em estratégia para mídias sociais, direcionadas para o Mercado Educacional.