Quem produz conteúdo para as mídias sociais de uma instituição de ensino trava uma batalha diária por atenção, competindo com família, amigos e outras empresas na timeline do candidato.

Segundo pesquisa realizada pela empresa MindMiners, com jovens da geração Y, 1/3 dos entrevistados dizem passar mais de 3 horas por dia conectados no Facebook e 55% o utiliza como fonte de informação.

O conteúdo criado e distribuído em posts, tweets e vídeos precisa ser relevante, útil e gerar engajamento (curtidas, comentários, compartilhamentos, etc). Para isso, sua estratégia de conteúdo precisa ser orientada às necessidades, dúvidas e desejos do potencial aluno. Assim você conseguirá quebrar a barreira da atenção e, no futuro, poderá torná-lo um novo aluno matriculado.

Vá além do seu material do vestibular

Isso significa que é preciso distribuir mais do que conteúdo comercial sobre o processo seletivo ou notas esporádicas sobre atividades internas da instituição nas suas mídias sociais. Você já se perguntou como e onde ter insights para a criação de posts, vídeos e tweets, que sejam úteis para seu o futuro matriculado?

Uma das formas para se obter insights sobre as dificuldades e percepções reais dos seus candidatos é através do monitoramento das suas mídias sociais. Colete as citações sobre sua marca, mapeando as principais reclamações e necessidades, e utilize os indicadores do mercado educacional, ou IDMs, para classificá-las.

Indicadores do mercado educacional

Os indicadores do mercado educacional desenvolvidos pelo Planeta Y foram inspirados no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) do MEC. São ao todo 10 indicadores: Captação, Empregabilidade, Localização, Atuação Ética, Corpo Docente, Credenciamento no MEC, Preço, Qualidade de Ensino, Infraestrutura e Relacionamento.

O objetivo desses indicadores, para as equipes de marketing, é conhecer quais são pontos fortes e fracos da IES, baseado nas percepções de alunos, candidatos, colaboradores e sociedade (sua audiência nas mídias sociais).

Essas informações estratégicas permitem que o setor de marketing, juntamente com setor administrativo, financeiro, infraestrutura e outros, possam melhorar a qualidade dos serviços educacionais prestados pela instituição.

Através da criação de conteúdo, as equipes de marketing, de social media, de comunicação e de assessoria de imprensa conseguirão evidenciar e transmitir fatos, comunicar ações e a resolução de pontos críticos que são relevantes aos candidatos, alunos e sociedade. É uma comunicação estratégica baseada em indicadores para definir o que é necessário e essencial comunicar.

Saiba mais sobre os indicadores de mercado educacional do Planeta Y

Mídias sociais e IDMs

Quando esses indicadores são inseridos no contexto das mídias sociais, sua IES consegue ampliar a compreensão de como é percebida pelo público no ambiente digital. Afinal, as mídias sociais, como o Facebook e o Twitter, permitem que seu público fale diretamente com você, sem intermediários, indicando as necessidades e insatisfações, alegrias e satisfações.

Diante desse cenário, você pode aproveitar as informações que foram compartilhados sobre sua IES e, a partir dos indicadores do mercado educacional, transformá-los em insights para a criação de conteúdo para posts, vídeos, tweets, ofertas e blog.

Você deve estar se perguntando como fazer isso, certo? Abaixo, darei um exemplo prático de como aplicar os indicadores do mercado educacional para gerar ideias e insights para criação de conteúdo para as redes sociais, através de uma ferramenta de mídias sociais especializada no segmento educacional.

Por onde começar?

Para começar a produzir insights e ideias de conteúdo para o Facebook, Twitter e Instagram, você e sua equipe precisam monitorar suas mídias sociais, coletando as citações referentes à sua IES.

Uma vez realizada a coleta com as citações, classifique-as pelos sentimentos (positivo, neutro e negativo). Mapeie as palavras/dores mais citadas, para que você consiga ter ideias de posts, e priorize a produção de conteúdo.

Classifique as citações entre os 10 indicadores do mercado educacional

Utilizando as citações previamente coletadas, classificadas e mapeadas, você e sua equipe precisam analisar como cada uma se encaixa nos 10 indicadores do mercado educacional.

Para entender o impacto desses indicadores na percepção do seu público, se pergunte:

– Qual é a principal dor indicada nas citações? Há algum gargalo na comunicação entre IES/candidato/aluno que está gerando insatisfação nas mídias sociais?

– Seus alunos estão elogiando/reclamando de algum setor/assunto específico? As citações são sobre, por exemplo, infraestrutura ou corpo docente?

– Seus candidatos estão com dúvida sobre seu processo seletivo ou sobre o potencial de empregabilidade dos seus cursos após formado?

Dica: O Planeta Y já classifica automaticamente as citações coletadas das suas mídias sociais dentre os 10 IDMs

Como utilizar os IDMs para gerar insights para criação de conteúdo para captação?

Agora que você já mapeou as dificuldades e as necessidades/oportunidades para produção de conteúdo, é hora de produzir seus posts, tweets, vídeos e ofertas para gerar leads, inscritos e matriculados.

Vamos ilustrar esse processo com um exemplo prático. Na imagem abaixo, nós coletamos 3 citações sobre insatisfações e dúvidas de alunos e candidatos.

Interações na página da universidade.

Analisando as mensagens acima e utilizando os 10 indicadores de mercado educacional como referência, podemos classificar essas citações (estacionamento, laboratórios, atendimento do call center, setor de bolsas e financiamento) dentro do indicador Infraestrutura.

Planeta Y - Indicador de mercado educacional - Infraestrutura

Os IDMs ajudam as equipes de marketing a criar linhas de comunicação internas que sejam relevantes à instituição, aos alunos e aos candidatos. O simples mapeamento das citações já permite que a equipe de mídias sociais consiga insumo para o planejamento de pauta e produção dos posts para captação nas mídias sociais.

Além disso, quando sua IES estabelece IDMs para classificar os conteúdos produzidos e publicados nas mídias sociais, se torna mais fácil monitorar e mensurar os resultados obtidos.

Para exemplificar como utilizar os indicadores para gerar insights para criação de conteúdo para captação, listamos abaixo algumas ideias de conteúdo que podem ser desenvolvidas pela equipe de marketing. Essas ideias se baseiam nas necessidades e dificuldades identificadas nas citações acima e que são relacionadas à infraestrutura.

Citação sobre o estacionamento

– Como funciona o acesso ao estacionamento interno da instituição? Há rotativo por placa, qual é a taxa, etc

– Precisa de cadastro prévio no início do semestre letivo?

– Há algum convênio com estacionamentos externos?

Citação sobre os laboratórios

– Há visita guiada aos laboratórios durante a campanha do processo seletivo?

– Como é o horário de funcionamento dos laboratórios?

– É aberto ao público externo durante o ano todo?

Citação sobre setores e call center

– Lembrete sobre o horário de funcionamento do Call center

– Lembrete com link do site direcionando para as informações sobre as dúvidas mais comuns (geração de leads)

– Horário de funcionamento e e-mail dos setores para agilizar atendimento com problemas específico

Mãos à Obra

Através da análise e estudo prévios das citações coletadas sobre a IES e a definição do indicador de mercado, a produção de conteúdo para posts nas mídias sociais se torna mais estratégica e mensurável.

citacao-escolhida-idm-infraestrutura-post-facebook

Através da citação da imagem acima, foi produzido um post onde o objetivo é divulgar as visitas guiadas para os candidatos conhecerem os laboratórios da instituição. Essas visitas servem para encantar os candidatos sobre os diferenciais da IES, estreitando os laços com a equipe acadêmica.

Texto do post – Você já pensou em ser o criador do próximo UBER? Conheça o nosso LAB StartUp e veja como isso é possível. A UNY conta com professores experientes para te ajudar a realizar seu sonho empreendedor. Faça parte da UNY. Inscreva-se em nossa visita guiada. Bit.ly/visita-guiada-2017 #startup #UNY #LabStartUp

Imagem do post

Post Facebook - Inscreva-se - Visita Guiada LabStartup - 07/06 das 10 às 17 UNY

Resultado – A partir de uma citação em suas mídias sociais, a UNY produziu um post de captação onde informa sobre os diferenciais da instituição (laboratório e professores experientes) e convida o candidato a conhecer de perto sua infraestrutura. Esse post é mais relevante para o candidato, com maior potencial de engajamento e relacionamento, do que os posts 100% comerciais sobre o processo seletivo.

Conclusão

Construir um bom planejamento de conteúdo que ofereça mais do que posts sobre o processo seletivo ou postagens aleatórias é o desafio para equipes de marketing. Para isso, é essencial utilizar uma ferramenta de mídias sociais especializada no segmento educacional e processos definidos para tornar a produção de conteúdo para as redes sociais da IES mais estratégica.

Utilize os indicadores do mercado educacional como norteadores para a criação do conteúdo de seus posts, orientando o monitoramento e a classificação das citações. Assim, suas mídias sociais serão mais relevantes para o potencial candidato, quebrando sua resistência e objeções.

Se deseja aprender mais sobre como elaborar e transmitir o conteúdo certo, recomendo a leitura do nosso e-book – Super manual de Captação – Como captar alunos utilizando as redes sociais.

Fique à vontade para deixar seu comentário ou dúvida abaixo.

Até a próxima.

Marcus Aquenaton: CEO – Planeta Y. Durante 15 anos atuei como gestor de marketing e comunicação no Ensino Superior. Passei por diversas universidades. Fiz parte de comitê de estratégia e inovação e palestrei em diversos eventos do mercado educacional brasileiro. Ao longo deste tempo, foram mais de 100 mil novos alunos captados, seja por meio de campanhas de vestibular, seja através de campanhas de relacionamento, do offline e eventos ao online e social media.