Você já se perguntou porque fazer captação de alunos nas redes sociais?

A afirmação: “Redes sociais = relacionamento” é vista nos principais blogs fontes de conteúdo, sites especializados em marketing digital, e claro, nas próprias redes sociais.

Apesar de grande parte dos profissionais de marketing acreditarem e seguirem os princípios dessa frase, muitos ainda não sabem como esse relacionamento pode aumentar sua captação de alunos.

As redes sociais não são um meio específico para realizar vendas. Porém, utilizando-as da maneira certa e respeitando sempre os seus princípios básicos ( humanização e relacionamento), você pode alcançar resultados incríveis, não apenas na captação de alunos, mas também no fortalecimento da sua marca educacional e no seu Capital Social.

Confira abaixo 10 dicas para aumentar a sua captação de alunos utilizando as redes sociais:

10 passos para aumentar sua captação de alunos nas redes sociais

 

1º passo: Defina o melhor canal para se conectar com seus alunos.

 

Antes de iniciar qualquer estratégia de marketing, seja ela online ou offline, você precisa conhecer o seu público, seus alunos e futuros alunos.

Isso significa que você precisa saber onde eles estão, quais mídias acessam com maior frequência, quais são seus principais interesses e como ele gostaria de se relacionar com a sua IES.

As redes sociais não transmitem a mesma receptividade de um contato pessoal, por isso é preciso saber se seus alunos e possíveis alunos têm interesse em se relacionar com a sua IES utilizando as redes sociais, caso contrário você pode correr o risco de se tornar invasivo, ou até mesmo inconveniente.

Grande parte do profissionais de marketing de hoje tem optado por implementar suas estratégias digitais por meio do Facebook.

Afinal, querendo ou não, essa é a rede social de maior acesso não só no Brasil, mas também em países como Estados Unidos e Índia.

Porém, com a recentemente mudança em seu algoritmo, tem sido cada vez mais difícil ter visibilidade sem investimento nessa mídia social.

Por isso, empresas e pequenos empreendedores tem investido cada vez mais em redes sociais alternativas, que possuem grandes quantidades de usuários, mas que ainda não são tão exploradas por empresas e anunciantes. São elas: Instagram, Linkedin, Pinterest, Google + e outras.

É preciso escolher com segurança qual o melhor canal a sua empresa deve investir, caso contrário o resultado da sua captação de alunos nas redes sociais não será positivo. Afinal, você precisa investir onde o seus alunos e interessados estão.

2º passo: Crie conteúdo de qualidade – Seja relevante!

 

Conteúdo é rei. Sem conteúdo de qualidade, você não conseguirá atrair a atenção dos seus alunos interessados e, assim, não se relacionará com eles. Perdendo a chance de captá-los ou até mesmo fidelizá-los.

Conheça profundamente seus alunos e procure atender aos seus anseios. Forneça as informações necessárias para que ele se interesse pela sua instituição de ensino.

Eduque-os, simule o caminho que eles percorrem diariamente nas redes sociais e crie conteúdos assertivos para cada dificuldade ou barreira que ele encontrar.

Dessa forma, você está não apenas produzindo conteúdo de qualidade, como também fornecendo ao seu interessado insumos valiosos para o relacionamento dele com a sua IES seja muito bem sucedido.

3º passo: Ouça o que seus alunos e interessados têm a dizer sobre você

 

Fazer simulações sobre o comportamento do seu público, e até mesmo criar personas, são passos fundamentais para ter sucesso com suas estratégias digitais.

Porém, mais assertivo do que supor certos hábitos, é ouvir do seu público o que ele tem a dizer sobre sua instituição de ensino.

Procure pelas pessoas que possam se interessar pela sua IES. Faça a elas uma pequena apresentação e ouça suas considerações.

Dessa forma, você saberá exatamente o que está faltando para que sua captação de alunos nas redes sociais decole.

O mais interessante das redes sociais é que elas permitem este tipo de ação de forma simples e eficaz, sem ser invasivo ou inconveniente.

Você pode criar enquetes, participar de grupos de discussões e, ainda, criar um espaço na página do seu negócio onde seus alunos e candidatos podem compartilhar suas opiniões.

Mas cuidado, para que as pessoas se conectem com você o seu conteúdo precisa ser, acima de tudo, relevante!

4º passo: Compartilhe histórias sobre sua Instituição de Ensino

 

Nós, seres humanos, em nossos ambientes familiares, gostamos bastante de ouvir e contar histórias, não é verdade?

Nas redes sociais não é diferente. Gostamos de acompanhar os eventos cotidianos das pessoas que gostamos, ver suas fotos e suas conquistas.

A sua IES tem uma história legal para compartilhar? Vocês passaram por alguma experiência que mostre para as pessoas a identidade de vocês? Compartilhe.

Histórias tornam as empresas mais humanas. Com elas você consegue transmitir melhor para o seu público a sua trajetória, os seus valores e até mesmo os aprendizados que teve durante a sua jornada.

No vídeo acima, temos um exemplo muito criativo de como utilizar histórias para cativar o seu público foi produzida pela Volkswagen chamado “Os últimos desejos da Kombi”.

O vídeo retrata  a ida do modelo Last Edition – versão especial de despedida do automóvel – ao seu lugar de origem. O resultado foi um vídeo super emocionante que teve milhares de compartilhamentos e exibições.

5º passo: Faça perguntas sobre as experiências vividas pelo seu público- Incentive diálogos

 

Muitas vezes idealizamos um curso ou um serviço, acreditando que ele possui apenas uma finalidade. Porém, há situações em que sua IES acaba auxiliando em outras atividades ou processos e você nem imaginava que isso poderia acontecer.

Pergunte para o seu aluno, ou candidato, como é sua instituição para ele, ou de que forma você o auxilia nos negócios dele.

Essa é uma maneira interessante de ampliar o campo de vendas que você se restringia, e até mesmo criar novos significados para sua faculdade, aumentando assim sua captação de alunos nas redes sociais.

Além de conseguir mais informações sobre o seu público, você consegue também incentivar o relacionamento com os seguidores nas redes sociais.

Os alunos gostam quando as instituições de ensino perguntam sobre o atendimento, ou sobre a eficácia do seu serviço. Interesse-se pelo seu público, e ele terá muito mais interesse em você!

6º passo: Identifique o timming certo para falar sobre matrículas – Seja a solução deles!

 

Calma! Nós sabemos que o seu interesse – e o de dezenas de outros profissionais de marketing digital – não é apenas criar e manter um relacionamento com o seus alunos e interessados.

Você deseja ver os resultados, ver o seu esforço sendo reconhecido, e claro, ver aumentar seus resultados na captação de alunos nas redes sociais.

Pois bem, o relacionamento nas redes sociais não é muito diferente do que o marketing de conteúdo nos blogs e outras mídias.

O seu trabalho alí, com a aquele público, é entregar insumos para que os interessados possam amadurecer suas necessidades para finalmente efetivar a compra.

Sabendo disso, eventualmente, em um dos nossos diálogos, falaremos sobre o negócio, sugerindo uma visita ou apresentando uma proposta.

Porém, o mais importante desse momento é saber identificar exatamente o momento de fazer essa proposta.

Por isso é importante manter, sempre que possível, um constante relacionamento com o seu interessado, só assim você saberá o momento em que ele estará preparado para receber uma proposta.

Lembre-se, todo o trabalho que você tem feito nas redes sociais é para chegar nesse momento. Você tem preparado, conduzido e educado o seu candidato para que quando surgir uma proposta ele a aceite sem mais barreiras ou dúvidas.

7º passo: Crie uma comunidade digital sustentável

 

Utilizando as redes socais para engajar melhor seus alunos, candidatos e seguidores, você tem oportunidade de criar uma comunidade digital sustentável.

Ou seja, ter um conjunto de pessoas, diferentes entre si, que interagem e colaboram umas com as outras.

Dentro de uma página em uma rede social, existem diferentes pessoas, homens, mulheres, crianças, jovens, adultos e idosos, com diferentes graus de conhecimento sobre a sua Instituição de Ensino e os serviços que ela oferece.

Para que a sua página se transforme em uma comunidade sustentável você precisa incentivar seus seguidores a conversarem não apenas com você, mas também com outros membros deste grupo.

Por exemplo, vamos supor que João tenha uma dúvida sobre um de seus cursos, ou alguma consideração, e Ana já tenha vivido a mesma situação e a sua IES conseguiu solucionar suas dúvida com sucesso.

Deixe que Ana e João conversem entre si e cheguem juntos a uma solução ideal. Afinal, é muito mais assertivos quando conversamos com pessoas que já passaram por situações semelhantes as nossas.

Além disso, Ana estará aumentando do Capital Social da sua empresa ao compartilhar com João as boas experiências que teve com o atendimento da sua faculdade.

8º passo: Desenvolva o seu Capital Social

 

O conceito de Capital Social é relativamente novo para o marketing digital. De uma maneira objetiva e simplificada, o “Capital Social pode ser entendido como redes de relacionamento baseadas na confiança e cooperação e que são desenvolvidas pelos indivíduos, facilitando o acesso à informação e ao conhecimento”.

Independente de tecnologia, na prática, o Capital Social se faz presente quando Ana fala bem da Instituição de Ensino A para João, que passa a formar uma percepção positiva sobre a mesma.

E como desenvolver o Capital Social da minha IES?

Mais do que o tipo de mensagem ou conteúdo em si, o relacionamento contínuo e duradouro é a base das redes sociais. Conversão é sinônimo de conversação. Retenção também é sinônimo de conversação.

A construção de um Capital Social forte fará fluir naturalmente a mensagem, campanha, posicionamento, valores, missão ou qualquer que seja o resultado esperado das ações desenvolvidas nas mídias sociais.

9º passo: Responda a todos os comentários e dúvidas – SAC 3.0

 

Presenciamos, algumas vezes, nas redes sociais, cases de sucesso sobre a importância do atendimento através das mesmas, não é mesmo?

Tudo indica que esse atendimento tende a trazer mais qualidade para o relacionamento com nosso público.

Afinal, as redes sociais são ferramentas que possibilitam o contato direto entre a sua IES e seu público e, como falamos anteriormente, conversão é sinônimo de conversação.

Ou seja, não adianta nada se incentivamos o nosso público a interagir com a minha instituição de ensino e quando ele de fato interage, ele fica sem resposta, ou espera dias por uma solução.

Vivemos um momento em que as redes sociais potencializaram a comunicação.

Hoje um elogio ou uma crítica não são feitos apenas para a empresa, elas são feitas publicamente e podem rapidamente alcançar altos números de visualizações, likes e compartilhamentos.

O SAC 3.0 nada mais é do que disponibilização de canais de comunicação entre instituições e seus consumidores.

Seu principal objetivo é e sempre foi, prestar serviços de maior qualidade de atendimento aos clientes e consumidores das marcas via web.

Realize atendimentos mais qualificados e sem dúvidas seus alunos e candidatos ficarão mais interessados em seus serviços educacionais.

10º passo: Monitore sempre! E aprimore ainda mais a sua presença digital.

 

Para criar uma comunidade digital sustentável, aumentar o Capital Social da sua IES e sua captação de alunos, não basta apenas estar presente nas redes sociais.

É preciso monitorá-las, sempre!

Ao monitorar o que é falado da sua Instituição de Ensino, você tem acesso não apenas as interações feitas diretamente para a sua IES, como também consegue identificar comentários e dúvidas a respeito do seu produto ou serviço feitas para outras pessoas.

Muitas vezes um interessado, para se decidir sobre qual instituição de ensino, compartilha em sua rede social para saber a opinião delas.

Esse momento pode ser considerado com uma das grandes oportunidade que as redes sociais oferecem. E sem o monitoramento, dificilmente você ou alguém da sua empresa conseguiria identificá-la.

Através do uso de uma ferramenta de monitoramento de mídias sociais especializada no mercado educacional, é possível capturar as informações, ordená-las de acordo com as necessidades do analista de mídias sociais e tornar esses dados apresentáveis para os gestores de marketing, em forma de gráficos.

Além disso, com o monitoramento você consegue descobrir quais são os dias e os períodos em que a sua IES recebe mais citações.

Identifique quais alunos e candidatos mais mencionam a marca da sua IES, seja positiva ou negativamente, e quais deles são os mais influentes nas redes sociais.

Utilize esses dados para criar ações mais assertivas para cada um dos casos identificados no monitoramento.

As redes sociais vieram para ficar!

Não importa qual rede social você escolher para se aventurar. Fato é que elas chegaram e vieram para ficar.

Os alunos de hoje estão praticamente 24 horas por dia conectadas.Se não estão em seus computadores e tablets, estão em seus smartphones. Estar tão conectado assim tem um ponto negativo e outro positivo.

O negativo é que a quantidade de informações produzidas e consumidas diariamente por nós.

Com isso acaba nos deixando cansados, e ansiosos, já que não conseguimos alcançar grandes profundidades em todos os assuntos.

Porém, o lado positivo é que, hoje todas as pessoas, de alunos aos profissionais das Instituições de Ensino, possuem os recursos necessários para se informar e consumir materiais de qualidade.

E o mais importante, eles estão famintos por conteúdo de qualidade.

E aí? Está esperando o que para aproveitar a oportunidade de conhecer melhor seu público, e melhorar sua captação de alunos?

Comece a captação de alunos agora mesmo!

Equipe Planeta Y: Sempre de olho no que acontece nas Redes Sociais, nossa equipe de especialistas digitais traz para você os novos insights em estratégia para mídias sociais, direcionadas para o Mercado Educacional.