SEO Para Mídias Sociais: como otimizar as mídias sociais da sua IES

Home / Estratégia Digital / SEO Para Mídias Sociais: como otimizar as mídias sociais da sua IES

SEO Para Mídias Sociais: como otimizar as mídias sociais da sua IES

Sabia que as mídias sociais podem ser aliadas às técnicas de SEO?

Existe um debate antigo se as técnicas SEO para mídias sociais mais usadas, influenciam ou não no rankeamento de um site.

Nos dias de hoje, este assunto tem ganhando força entre os profissionais de Marketing Digital e proporcionalmente o número de usuários (vamos enxergar como alunos e candidatos) que se relacionam com marcas (IES) por meio das mídias sociais.

Neste texto você irá aprender o que é SEO e como otimizar as Mídias sociais mais usadas da sua Instituição de Ensino Superior para que você ganhe vantagens no posicionamento do Google.

Ebook Captação Planeta Y

SUPER MANUAL DE CAPTAÇÃO

Como captar mais alunos utilizando as redes sociais

Transforme os leads gerados e qualificados nas mídias sociais em alunos matriculados.

Se você está precisando aumentar o tráfego orgânico do site/blog de sua IES, este texto é para você.

Fique comigo até o final e apresente essas novidades para sua equipe!

Um ponto relevante dentro do universo Mídias Sociais X SEO

O especialista no assunto e fundador do site Search Engine Land, Danny Sulivan, afirma que, de fato o Facebook e Twitter (como exemplo de mídias sociais) são classificados como páginas normais.

Mas, em contrapartida, o Google leva em consideração o número de backlinks de qualidade que ele consegue rastrear em sua rede.

Backlinks 

São links externos que apontam para o seu site!

Aí você pensa: Então vou criar 10 perfis fakes e apontar vários links para meu perfil e site.

Não, essa prática está errada! O Google, de alguma maneira, consegue entender que uma prática como essa é falsa. Então, não tente burlar esse tipo de engajamento.

SEO para mídias sociais - O que é SEO?

OK, MAS O QUE É SEO?

Não quero me alongar sobre definições, pois tem muitas coisas importantes para você fazer nas suas mídias sociais depois que ler este texto. Mas, para os marinheiros de primeira viagem, vou esclarecer…

Do original, a sigla SEO significa:

  • S: Search
  • E: Engine
  • O: Optimization

Na tradução literal:

  • Otimização para mecanismos de busca

São técnicas que ajudam a melhorar o posicionamento do seu site em um mecanismo de busca (ex: Google). Ou seja, quando uma pessoa procurar por uma palavra-chave sobre um determinado assunto o qual você está bem posicionado, certamente o seu site irá aparecer dentre os primeiros sugeridos.

E qual a vantagem de utilizar as mídias sociais a favor do SEO?

A vantagem é que, se você fizer a coisa certa, você não precisará pagar por um anúncio patrocinado para o seu site aparecer em primeiro lugar ou na primeira página de resultados, já que o seu site aparecerá como sugestão do Google em uma determinada busca.

Veja que interessante esse heatmap de uma busca feita no Google:

SEO para mídias sociais - Heatmap

Conseguiu observar as áreas em vermelho? São as áreas mais visualizadas nos resultados! Em consequência, as mais propensas à serem clicadas.

POR QUE É IMPORTANTE PENSAR EM SEO PARA AS MÍDIAS SOCIAIS NO MERCADO EDUCACIONAL?

Todos os dias, alunos de inúmeras Instituições de Ensino e possíveis novos candidatos vão ao Google fazer algum tipo de busca. Seja ela para sanar uma dúvida, resolver um problema, pesquisar sobre um determinado assunto ou até mesmo para se relacionar socialmente.

Neste caso, as mídias sociais entram em cena.

Quando suas mídias sociais estão otimizadas, no ato de uma busca realizada por um aluno ou candidato, você certamente aparecerá como sugestão do próprio motor de busca!

Veja só que interessante este dado!

Segundo o próprio Google, são feitas cerca de 3 bilhões de buscas por dia em todo o mundo, sendo que, 15% delas (correspondem a 450.000 milhões) são inéditas!

SEO para mídias sociais - Google Search

Já imaginou quantas oportunidades são geradas por dia na internet? Ou quantos candidatos estão buscando referências sobre Instituições de Ensino, cursos, etc?

Isso reforça a importância de sua Instituição de Ensino Superior estar bem posicionada.

O QUE É SEO OFF PAGE E POR QUE ESSA ESTRATÉGIA É IMPORTANTE?

Ações dentro do seu site, chamamos de On page. Veja alguns exemplos:

  • Títulos e subtítulos (H1, H2 e H3)
  • URL’s amigáveis (Ex: com.br/a3fdma320p3 vs. planetay.com.br/seo-off-page
  • Meta descrição: é uma tag de resumo de um conteúdo de uma página

Estes três tópicos são estratégias normalmente utilizada em sites e blogs.

Já o Off page são todas as ações feitas fora de um site. Atualmente essas ações tem conquistado relevância perante os motores de busca. E as mídias sociais educacionais estão inclusas nela.

Exemplo:

  • Número de links apontando para o seu site (backlinks) através das mídias sociais;
  • Compartilhamentos de conteúdos de qualidade em seu perfil;
  • Guest Post (parcerias com sites ou blogs do mesmo segmento, fazendo com que sempre quando puderem, linkem para sua página);
  • Posts de qualidade;

Imagine só este cenário focado em uma mídia social:

Temos mais de 89 milhões de usuários no Facebook só no Brasil, se relacionando, gerando informações, apontando links para inúmeros sites.

Todas essas informações, backlinks e conteúdos que são gerados diariamente nas mídias sociais e que envolvem a sua IES, podem ser relevantes na hora do rankeamento do seu site.

COMO OTIMIZAR A FANPAGE DE UMA IES (FACEBOOK)

O Facebook possui um motor de busca muito bem montado, com inúmeras informações para compor uma pesquisa.

Para que você possa fazer proveito disso para sua instituição de ensino superior, é só seguir estas dicas:

1# NOME DA PÁGINA

Logo quando você acessa página principal, onde contem o feed de notícias ou sua timeline, existe um campo de busca.

Qualquer palavra que você colocar neste campo, será sugerido um perfil pessoal, fanpage e grupos. Com base na palavra-chave pesquisada.

Veja na prática:

SEO para mídias sociais - Busca Facebook

Viu a importância do nome da sua página? Quem sabe sua faculdade não poderia estar nesta lista de sugestões, não é mesmo?

 #2 DESCRIÇÃO DA PÁGINA

A descrição da página é um ótimo lugar para explorar as palavras-chave dentro de um pequeno texto que é disponível para as pessoas, quando elas acessam sua página.

Você consegue visualizar esse campo pelo nome ‘Sobre’, em um fanpage.

Outro ponto extremamente importante é adicionar um link (grifado em vermelho na imagem) direcionando a pessoa para o site de sua IES.

Veja só:

SEO para mídias sociais - Post Facebook Planeta Y

 #3 URL PERSONALIZADA

Toda fanpage possui uma URL quando é criada. Logo quando você cria, o Facebook gera uma url automática (que não é favorável pensando em SEO para sua IES).

Após um período, você tem a opção de personalizá-la.

É interessante ter bastante atenção e cuidado na hora de personalizar, pois ela (url) pode ser ótima para o SEO da sua Instituição!

Pense nas palavras-chave que você possa incluir, e claro, sem perder o sentido e facilitação do acesso da página. Pois um dos motivos de uma url amigável é facilitar o acesso das pessoas a sua página.

Exemplo:

SEO para mídias sociais - Fanpage Planeta Y

ATENÇÃO: Se você estiver com algum tipo de dificuldade para mudar a URL da sua página, clique aqui!

#4 INTERAÇÃO

Do dicionário, o significado da palavra interação é:

  • Ações e relações entre os membros de um grupo entre grupos de uma sociedade;

Consegue enxergar alguma semelhança com as mídias sociais educacionais??

Eu consigo!

O Facebook e outras redes são na verdade, interações (relações) estabelecidas entre pessoas ou grupos.

O que quero dizer com interação para a fanpage da sua instituição de ensino de superior, é:

  • Curtir, comentar e compartilhar publicações de páginas parceiras que sua fanpage acompanha;
  • Fazer postagens marcando o seu parceiro (isso tem que ser algo combinado, não faça e o marque espontaneamente sem um propósito).

Outra dica importante: Curta e comente somente quando for acrescentar algo realmente. Não comente por comentar. Lembre-se da qualidade até em curtidas e comentários!

COMO OTIMIZAR O TWITTER DE UMA IES

O Twitter é uma mídia social com mais de 320 milhões de usuários em todo o mundo, em mais de 35 países e diferentes idiomas com 1 bilhão de tweets enviados por dia.

SEO para mídias sociais - Dados Twitter

É caracterizado pelos textos de no máximo 140 caracteres e pela rapidez em que são gerados novos conteúdos.

Outro fator importante, são as hashtags. Você pode explorá-las a favor de sua IES.

Veja aqui como criar um perfil de sucesso no Twitter para sua Instituição de Ensino Superior!

Vamos para as dicas de otimização:

#1 DESCRIÇÃO:

otimizar-redes-sociais-instituições-de-ensino-superior---twitter-seo-

 

Assim como no Facebook, no Twitter não é diferente.

A descrição ocupa um lugar super importante. É onde você pode explorar (da maneira correta) a palavra-chave que você quer focar.

Não se esqueça do link do seu site, ok?

Além de ser o lugar propício para prender a atenção e gerar curiosidade em seus seguidores, visitantes (quem sabe futuros alunos de sua IES, pense nisso).

#2 URL AMIGÁVEL

otimizar-redes-sociais-instituições-ensino-superior---url-amigável

Olha ela aí novamente!

Sempre que você puder alterar a URL de uma mídia social, do it!

Pense que: além do sentido de SEO, a URL amigável serve para facilitar o acesso das pessoas à sua mídia social. Se você encher de palavras-chave, sem o nome da sua IES, não vai ficar “amigável!”

#3 INTERAÇÃO

SEO para mídias sociais - Tweet Planeta Y

Pra você que já esqueceu o significado da palavra interação, clique aqui

Este é um exemplo de um tweet aqui do Planeta Y, onde há uma interação entre o nosso perfil e 3 instituições de ensino superior.

Interaja com os parceiros, personas, seguidores. Incentive o compartilhamento do seu conteúdo (retweet) e as curtidas (simbolizado por um coração abaixo do tweet). Responda aos tweets de perfis parceiros, com moderação é claro.

#4 PALAVRAS-CHAVE, HASHTAGS E TERMOS DE PESQUISA

SEO para mídias sociais - Exemplo Tweet Planeta Y

Faça uma lista de palavras-chave com foco em suas personas e as distribua nos tweets de forma contextualizada!

Insira termos de pesquisa que geralmente são os mais recorrentes: ‘Como usar’, ‘O que fazer’, ‘o que’, etc.

As hashtags se popularizaram pelo poder de indexação da palavra em relação ao conteúdo.

Usá-las já não é mais uma regra, sim uma necessidade.

Seu tweet pode ser achado por qualquer pessoa que fizer uma pesquisa por uma palavra-chave (hashtag) dentro da mídia social. Geralmente, pessoas que procuram por determinada palavra, é por quê demonstram algum tipo de interesse.

Veja um exemplo na imagem acima de um tweet com essas características!

Essas práticas darão relevância e força ao seu tweet. E isso aumentam as chances de aparecer nos primeiros resultados do buscador!

#5 TWITTER CARDS: COMO IMPLEMENTAR ESSE RECURSO NO PERFIL DA SUA IES

SEO para mídias sociais - Twitter Cards

Um dos tipos de postagens que alcançam maior alcance orgânico são as que possuem imagens.

Mas, você já reparou algumas postagens do Twitter que possuem uma imagem e uma descrição em texto do post dentro de um box? Esses são os chamados Twitter Cards.

Eles podem ser usados para destacar uma informação em meio aos outros tweets – seja uma imagem ou vídeo.

Além disso, o Twitter Cards permite que sempre que um usuário retuíte ou mencione seu tweet original, para que seus créditos sejam mantidos.

Caso seu site utilizar a plataforma WordPress e possua o plugin Yoast, basta clicar aqui para ver o passo a passo para implementar o Twitter Cards. Para os demais sites, é necessário configurar manualmente. Veja o significado das principais matadescrições que você deverá preencher:

 Twitter: cards

Neste meta tag você deverá informar o tipo de conteúdo que está compartilhando com seus seguidores. Existem três opções disponíveis:

  • photo (para imagens)
  • player (para vídeos)
  • Summary (para demais tipos de conteúdo)

Caso você não selecione nenhum tipo de card, o Twitter definirá como opção padrão o Summary, como no exemplo abaixo:

<meta name=”twitter:card” content=”summary“>

Twitter: url

Aqui você deve inserir o endereço da página que você deseja compartilhar no Twitter. Isso garante que uma mesma url possa abranger vários tweets. Essa é uma das informações mais importantes, pois garante que uma URL abranja todos os tweets – (caso você tenha um mesmo conteúdo em diferentes urls do seu site!).

Caso contrário, seus tweets serão divididos em várias urls, o que não é positivo para o rankeamento dos motores de busca.

Por exemplo:

<meta name=”twitter:url” content=”sua-url/”>

Twitter: title

O título é limitado a 70 caracteres e não precisa ser, necessariamente, cheio de palavras-chave.

Aqui, o mais  importante é incluir um título atrativo que incitem os alunos a clicarem no seu Card.

Por exemplo: <meta name=”twitter:title” content=”SEO Para Mídias sociais “>

Twitter: image

A imagem é um dos fatores mais importantes na composição dos tweets. Eles são a primeira coisa que seu aluno ou candidato vê – antes mesmo de ler seu conteúdo em texto.

No Twitter, as imagens precisam ter um tamanho menor que 1 MB e não podem ser menores que 60px por 60px. Além disso, as imagens maiores que 120 x 120px são automaticamente redimensionadas. Veja aqui o tamanho completo de postagem e avatar das principais mídias sociais

Por exemplo:

<meta name=”twitter:image”content=”url-da-imagem“>

Após finalizar os metatags dos seu Twitter Cards, é necessário submetê-las para análise no Twitter Card Program.

Uma vez aprovado, as URLs de seu site serão mostrados no formato cartão.

COMO OTIMIZAR A COMPANY PAGE DE UMA IES (LINKEDIN)

O LinkedIn é denominado uma mídia social profissional. Onde profissionais e empresas tem a possibilidade de se conectarem.

O interessante é que uma Company Page é extremamente amigável quando se trata do Google. Isso aumenta bastante as possibilidades de sucesso em uma estratégia de SEO.

Mas como faço para otimizar a Company Page da minha Instituição de Ensino Superior?

#1 DESCRIÇÃO

SEO para mídias sociais - LinkedIn Company Page Planeta YA descrição da Company Page no LinkedIn, é um pouco diferente das outras redes citadas.

Nela você consegue explorar um pouco mais o texto.

Repare na imagem acima o tamanho da descrição.

Veja que o texto pode ser mais amplo, contendo assim mais palavras-chave e mais informações que podem ser relevantes para um visitante.

Não se esqueça de colocar o link do site da sua IES!

ANOTE: Você pode colocar vários argumentos fortes e concretos falando sobre sua Instituição, afim de despertar o interesse em um possível aluno.

#2 POSTS

otimizar redes sociais instituições ensino superior company page postsa

Seguindo o mesmo padrão das dicas anteriores em SEO para Mídias Sociais de sua IES:

  • Adicione palavaras-chave;
  • Faça backlinks;
  • Promova a interação;

#3 LINKEDIN PULSE 

SEO para mídias sociais - LinkedIn Pulse

Para quem não conhece, o LinkedIn Pulse é um recurso recente da mídia social que permite que seus usuários façam postem artigos, semelhantes aos que são feitos em Blogs.

Se sua IES tem funcionários conectados com sua empresa no LinkedIn, eles podem produzir posts no Pulse fazendo backlinks para o site/blog de sua IES.

E o que isso pode trazer de benefício em SEO?

É mais uma opção de produção de conteúdo de qualidade. Se bem feito, terá um bom número de views e de cliques nos links do artigo.

Isso gera autoridade e o seu conteúdo ganha força, aumentando assim as possibilidades de ser melhor rankeado nos grandes motores de busca!

Veja aqui como utilizar o LinkedIn para Universidades e utilizar recursos exclusivos!

CAUDA LONGA: COMO ESSA TÉCNICA DE SEO PODE AJUDAR A SUA IES NAS MÍDIAS SOCIAIS

Você devia saber que palavras-chave com cauda longa são mais fáceis para posicionar e possuem uma taxa de conversão maior.

Consegue visualizar uma oportunidade nesta afirmativa?

Segundo o site WPbeginner, se você variar com o tempo as palavras de cauda longa, você pode alcançar cerca de 70% a mais de tráfego para o seu site/blog.

SEO para mídias sociais - Long Tail Neil Patel

Justamente por que essas palavras-chave de cauda longa possuem um nível de competitividade menor, além de serem altamente segmentadas.

Veja esta imagem que representa todo o conceito de cauda longa:

SEO para mídias sociais - Exemplo Cauda Longa Neil Patel

Imagem: Neil Patel

Este gráfico ilustra bem e de forma simples o conceito de cauda longa.

Quer dizer que, uma palavra chave de cauda longa tende a ter um nível de busca menor, porém com uma taxa de conversão maior!

Por que?

Porque o nível de concorrência é muito menor (junto à ela a busca também), só que as oportunidades de conversão são maiores!

Exatamente quando uma pessoa faz uma busca tão exata e precisa, com vários elementos, é sinal que ela está focada naquilo que ela quer encontrar.

Para ilustrar e exemplificar, vamos sair um pouco do foco educacional e ir para uma situação do nosso dia-a-dia!

Veja:

Busca normal:

  • Onde comprar um Poodle?

Busca cauda longa:

  • Onde comprar um mini Poodle branco em Belo Horizonte?

Voltando para o mercado educacional:

Busca normal:

  • Curso de Administração São Paulo.

Busca cauda longa:

  • Onde cursar administração na região leste de São Paulo?

Se fiz um anúncio, blog post ou post nas mídias sociais, posicionando para estas palavras-chave de cauda longa (das duas situações), as chances são bem maiores – e mais precisas – dos motores de busca sugerirem meu conteúdo.

Entendido o conceito de cauda longa?

Mas ainda não acabou!

Você precisa entender 3 pontos antes de aplicar a cauda longa nos conteúdos das suas mídias sociais educacionais!

Veja só:

  • Faça uma pesquisa de palavras-chave de cauda longa com o Keyword Planner para saber o volume de busca de quais termos serão mais adequadas para utilizar
  • Crie conteúdos de qualidade baseados nas palavras-chave de cauda longa

O QUE VOCÊ APRENDEU NESTE TEXTO:

Anote este resumo/boas práticas de todos assuntos que abordamos aqui neste texto:

#1 – SEO é um conjunto de técnicas que otimizam o seu site para estar entre os primeiros resultados nos motores de busca;

#2 – Tenha backlinks de qualidade;

#3 – Faça posts com conteúdo de qualidade;

#4 – Use o recurso da URL amigável para posicionar uma palavra-chave (se possível);

#5 – Conheça profundamente suas personas;

#6 – Em ambas mídias, faça da descrição um local para posicionar as palavras-chave e fazer com que o visitante, candidato ou aluno se sinta interessado pela sua IES;

#7 – Estratégias em mídias sociais são estratégias Off page;

#8 – Faça uso de Palavras-chave de cauda longa nos posts de sua IES;

CONCLUSÃO

As mídias sociais educacionais são importantes ferramentas para ajudar a influenciar o posicionamento de sua IES em relação aos mecanismos de busca, quando feita uma busca orgânica. Falamos aqui neste artigo várias dicas de como otimizar as mídias sociais de sua IES: Fanpage, Company Page, Twitter, sobre o que é SEO, etc.

Falamos também da importância – e vantagem – de fazer uso das palavras de cauda longa. Além de tudo, conhecer profundamente sua(s) persona(s), fazer uma pesquisa de palavras-chave no Keyword Planner e produzir conteúdo de qualidade nas redes!

Então, ficou alguma dúvida?

Consegui te ajudar com este artigo?

Marcus Aquenaton
Marcus Aquenaton
Marcus Aquenaton CEO – Planeta Y. Durante 15 anos atuei como gestor de marketing e comunicação no Ensino Superior. Passei pela UMC - Universidade de Mogi das Cruzes, UnG - Universidade Guarulhos, Complexo Educacional FMU e Grupo Tiradentes, mantenedora da Unit - Universidade Tiradentes, Unit/Fits - Centro Universitário Tiradentes e Facipe - Faculdade Integrada de Pernambuco. Fiz parte de comitê de estratégia e inovação e palestrei em diversos eventos do mercado educacional brasileiro. Ao longo deste tempo foram mais de 100 mil novos alunos captados, seja por meio de campanhas de vestibular, seja através de campanhas de relacionamento, do offline e eventos ao online e social media.
Textos recentes

Deixar um comentário:

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

13 DESAFIOS DO PROGRAMA DE MÍDIAS SOCIAIS EM INSTITUIÇÕES PRIVADAS DE ENSINO SUPERIORCalendário Editorial de Mídias Sociais: Por que a sua IES precisa de um!