Analista de redes sociais: perfil, salário e funções do cargo

Home / Marketing Educacional / Analista de redes sociais: perfil, salário e funções do cargo

Analista de redes sociais: perfil, salário e funções do cargo

No nosso dia-a-dia, percebemos que, cada vez mais, as Instituições de Ensino estão preocupadas em construir uma presença estratégica nas mídias sociais.

Essas IES desejam ir além do monitoramento e querem utilizar as mídias sociais para melhorar seu branding no ambiente digital, fortalecer o relacionamento com seu corpo discente ou melhorar sua captação de novos alunos.

Diante desse cenário de expansão, muitas IES ficam em dúvida sobre qual tipo de profissional devem contratar para gerenciar esses processos e quais os resultados devem ser cobrados desse colaborador.

Falaremos nesse post sobre um dos principais cargos do marketing digital – o Analista de Redes Sociais, seus conhecimentos, habilidades, atitudes e suas funções.

Ebook Captação Planeta Y

SUPER MANUAL DE CAPTAÇÃO

Como captar mais alunos utilizando as redes sociais

Transforme os leads gerados e qualificados nas mídias sociais em alunos matriculados.

O QUE É UM ANALISTA DE REDES SOCIAIS?

Analista de Redes Sociais, ou Analista de Mídias Sociais, como também é conhecido no mercado digital, é o profissional responsável pela comunicação da IES nas mídias sociais, atuando desde o planejamento à execução da estratégia de captação, relacionamento e retenção de alunos nesse canal.

O QUE FAZ UM ANALISTA DE REDES SOCIAIS?

ANÁLISE

O analista de mídias sociais, como o próprio nome sugere, deve analisar continuamente as principais redes sociais disponíveis no mercado, tais como Facebook, Instagram e Twitter.

Em seu trabalho de análise, o analista de mídias sociais precisa estar apto para identificar oportunidades para gerar novos negócios, relacionamento e fortalecimento da marca da IES.

Além disso, o analista precisa conhecer e avaliar quais são as melhores redes sociais para sua IES estar presente e apresentar e propor aos seus gestores as melhores ferramentas para o sucesso da estratégia de captação e retenção nas mídias sociais.

PLANEJAMENTO

Antes de começar a executar as ações nas redes sociais, o analista de mídias sociais tem como tarefa inicial entender o planejamento geral do sua Instituição de Ensino e assim adaptá-lo para o meio digital.

Após esse entendimento, o analista conseguirá planejar as ações estratégicas para estabelecer a presença digital da Instituição nas mídias sociais, fortalecer seu capital social e definir quais métricas acompanhar para atingir os resultados almejados.

Outras ações presentes nessa etapa de planejamento são:

– Identificar e definir os principais canais digitais que a instituição deve utilizar,

– Qual será a linha editorial para as mídias sociais a ser seguida e

– Qual é a melhor forma para compartilhar o conteúdo e estimular o engajamento entre os seguidores.

Leia também – O poder das redes sociais para a construção do Capital Social da sua IES

PRODUÇÃO DE CONTEÚDO

Após identificar os canais digitais, o analista definirá quais serão os conteúdos necessários, em qual formato será (texto, infográfico, vídeos e outros) e em qual frequência de produção.

Para isso, é preciso que, além de entender profundamente o funcionamento da IES, o analista também esteja antenado com as novidades e tendências do mercado de mídias sociais.

Leia também – Como produzir conteúdo para as mídias sociais utilizando os indicadores do mercado educacional

RELACIONAMENTO

Outra tarefa do analista de mídias sociais é o relacionamento com alunos e candidatos nas redes sociais da IES.

Para que o analista de mídias sociais realize um atendimento bem-sucedido nas redes sociais, é preciso que ele conheça e entenda profundamente a cultura e as particularidades da Instituição de Ensino.

É preciso que ele esteja completamente inserido no contexto da sua IES e esteja apto a coletar e mapear as solicitações originadas nas redes sociais, e assim direcionar aos setores e colaboradores responsáveis.

Além de ser responsável por estimular e responder comentários e contato via inbox, o analista deverá identificar oportunidades de interação através do monitoramento das citações sobre a IES e definir quais serão as melhores ações para solucionar dúvidas, dores ou necessidades.

Leia também – Relacionamento com alunos e candidatos nas mídias sociais

MONITORAMENTO

Uma das funções essenciais do analista de mídias sociais é monitorar tudo o que é falado sobre a IES em suas redes sociais, identificando nas citações as oportunidades de captação e relacionamento, além dos sinais de insatisfação e potenciais crises.

O analista deverá analisar e identificar nas citações, informações relevantes sobre os principais indicadores do mercado educacional, tais como melhorias na infraestrutura e qualidade de ensino.

Essas informações trarão insumos essenciais sobre como a Instituição é vista nas mídias sociais e quais são as dores e necessidades que estão atrapalhando ou potencializando a estratégia de captação e retenção.

Através de uma ferramenta de monitoramento especializada no mercado educacional, o analista estará apto a otimizar seu trabalho, analisar e classificar as citações monitoradas em um dos 10 indicadores do mercado educacional.

Leia também – Indicadores do mercado educacional para o monitoramento das mídias sociais – parte 01

MÉTRICAS

O analista de redes sociais é o responsável por estabelecer quais serão as métricas e indicadores de performance para cada mídia social utilizada pela IES.

Além disso, deverá acompanhar de perto a performance das ações feitas e sintetizar para seu gestor os resultados relevantes, principalmente àqueles relacionados as metas de captação e retenção.

É fundamental para a Instituição de Ensino entender quais os resultados de suas ações nas redes sociais. É papel do analista gerar relatórios e apresentar os resultados e retornos sobre investimento (ROI) para os gestores da IES e, principalmente, quantos alunos foram captados ou quantas rematrículas foram feitas a partir do trabalho nas mídias sociais.

Confira o nosso Webinar – Análise e relatórios do cruzamento dos dados da sua fanpage com os indicadores de mercado educacional do Planeta Y

QUAL O PAPEL dO ANALISTA DE MÍDIAS SOCIAIS DENTRO DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO?

O analista de redes sociais da IES é o responsável por gerenciar as ações comunicação, captação e retenção de alunos nas mídias sociais e por implantar um processo estruturado de atendimento via redes sociais.

Ele deverá cuidar do capital social da marca da instituição, da produção e distribuição de conteúdo e do encantamento de alunos e candidatos.

Deverá conhecer profundamente a cultura organizacional da sua Instituição de Ensino e identificar quais são os responsáveis de cada setor aptos a auxiliá-lo no atendimento nas mídias sociais.

QUAIS CONHECIMENTOS, HABILIDADES E ATITUDES ELE DEVE TER?

CONHECIMENTOS

É recomendável que o analista de redes sociais seja formado em Comunicação, Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Relações Públicas ou Marketing, e tenha experiência com as principais redes sociais.

O ideal é que esse profissional tenha também conhecimentos em algumas ferramentas de edição de imagem, como: Photoshop, CorelDraw ou Illustrator, para que ele não apenas planeje as peças para as redes sociais, como também execute, se for preciso.

Muitas IES ainda não possuem um departamento de redes sociais completo, por isso, é preciso que esse profissional seja multifuncional, e tenha experiências também na área de design e edição de imagens.

Além dos conhecimentos em imagem, esse profissional precisa ter domínio da língua portuguesa, e estar sempre atualizado quanto as mudanças ortográficas e gramaticais.

HABILIDADES

Muito mais do que dominar a língua portuguesa, o profissional de redes sociais precisa saber escrever bem, conseguir contar uma história, estruturar uma narrativa envolvente e concluir pensamentos.

É preciso que ele seja muito organizado e disciplinado, não apenas para criar conteúdo, mas também para executar as ações previstas no planejamento de mídias sociais.

É preciso que esse profissional tenha uma presença digital ativa, procure sempre se atualizar sobre as novidades do mercado e das ferramentas.

Além disso, é recomendável que o analista de mídias sociais também tenha treinamento comercial e/ou facilidade para vender.

Lembre-se: suas mídias sociais são um canal de captação e seu analista deverá estar preparado para conduzir o candidato até a inscrição e matrícula, contornando suas objeções de compra.

Além da presença digital, esse profissional precisa ter um perfil analítico e saber identificar e apresentar informações relevantes para a sua Instituição de Ensino.

ATITUDES

O analista de redes sociais precisa ser curioso, empreendedor, criativo, proativo, cuidadoso e gostar do que faz.  

É preciso que ele tenha bom senso, seja ético e tenha jogo de cintura. Afinal, lidar com o alunos e candidatos com dúvidas e frustações não é fácil. Ele precisa ter controle emocional e gostar de interagir com o público.

Ter interesse em conhecer profundamente a cultura da IES e trabalhar em equipe com os setores responsáveis por ajudá-lo a contornar frustações e converter novos matriculados também são atitudes essenciais.

QUAL O SALÁRIO MÉDIO DESSE PROFISSIONAL?

Confira abaixo os respectivos salários para os níveis júnior, pleno e sênior do profissional de mídias sociais, segundo a 3ª edição da Pesquisa de Cargo e Salários da Abradi, realizada entre janeiro e agosto e 2013 com 275 empresas do Brasil.

Cargos e funções Remuneração
mínima (R$)
Remuneração
média (R$)
Remuneração
máxima (R$)
Analista Mídias Sociais Jr 750 1.412 2.500
Analista Mídias Sociais Pleno 1.300 2.046 4.311
Analista Mídias Sociais Sr 1.750 2.924 4.400
Dados: Pesquisa Salarial ABRADi (fev/2014)

POR QUE VOCÊ DEVE CONTRATAR UM ANALISTA DE MÍDIAS SOCIAIS?

A geração Y é nativa digital e utiliza diariamente suas mídias sociais para interagir com seus amigos, familiares e empresas, como sua IES.

Segundo os dados do relatório anual Internet Trends 2016, elaborado por Mary Meeker, 69% da geração Y preferem ser atendidos pelos canais digitais, sendo que 24% disseram optar pelas mídias sociais.

Estar nas mídias sociais não é mais uma escolha e sim uma competência essencial da sua IES. Todos os dias, é gerado um grande número de citações sobre sua Instituição de ensino nas mídias sociais, seja em interações com seu conteúdo, citações públicas ou em mensagem inbox.

Dentre essas citações, há inúmeras oportunidades de captação que, se sua instituição não estiver preparada, será aproveitada pela concorrência. Não é isso que você deseja, não é mesmo?

Por isso, é essencial que sua IES tenha um profissional qualificado cuidar das suas mídias sociais, que além de cuidar da monitoramento e gestão das mídias sociais, será também responsável por se relacionar e conduzir seu candidato até a matrícula.

Acima falamos sobre as habilidades, conhecimento e atitudes necessários que um bom analista de mídias sociais precisa ter e que devem ser avaliados na hora de contratar um profissional para a Instituição de ensino.

Faça nosso teste e avalie se suas mídias sociais estão gerando oportunidades de captação para sua instituição de ensino.

Fique à vontade para deixar seu comentário ou dúvida abaixo.

Até a próxima.

Equipe Planeta Y
Equipe Planeta Y
Sempre de olho no que acontece nas Redes Sociais, nossa equipe de especialistas digitais traz para você os novos insights em estratégia para mídias sociais, direcionadas para o Mercado Educacional.
Textos recentes
Comments
pingbacks / trackbacks

Deixar um comentário:

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

gestão de processos