10 Dicas de Marketing Educacional

Home / Marketing Educacional / 10 Dicas de Marketing Educacional

10 Dicas de Marketing Educacional

Todos os dias temos a oportunidade de fazer contato com diversas Instituições de Ensino Superior, representadas por profissionais operacionais, táticos e estratégicos dos setores do Marketing Educacional, do norte ao sul do Brasil. Muitas dessas interações foram proporcionadas pelos encontros em eventos do mercado educacional. Especialmente no SADEBR – Seminário de Ações Digitais na Educação Brasileira, onde muitas reflexões são despertadas e qualificadas.

Desde que implantamos uma área de Inteligência Digital para IES, parte do avanço nos estudos aplicados ao mercado educacional foi possível pelo relacionamento criado com os profissionais de marketing educacional. Nessa rica troca de experiências, uma dor explícita e recorrente que percebemos na fala dos gestores de marketing das IES foi a ausência de uma política institucional para a atuação nas mídias sociais.

Ebook Captação Planeta Y

SUPER MANUAL DE CAPTAÇÃO

Como captar mais alunos utilizando as redes sociais

Transforme os leads gerados e qualificados nas mídias sociais em alunos matriculados.

Entende-se por essa política, uma estratégia clara, definida e amplamente compartilhada que contribua para a compreensão, sensibilização e engajamento dos públicos que compõem o holograma da instituição de ensino superior (gestores, docentes, coordenadores, colaboradores, alunos, ex-alunos, pais, comunidade em geral).

Mesmo com a ausência de estratégia institucional, conhecemos diversas ações com forma e conteúdo distintos. Ouvimos algumas evoluções: “estou construindo uma equipe focada em mídias sociais, com as vertentes de análise (monitoramento e pesquisa) e de conteúdo (criação e alimentação) para fortalecer nossa presença online”. Ou, “estou trazendo de volta pra gente o trabalho nas mídias sociais, pois percebemos que terceirizar para a agência nosso capital social e cultural não foi a melhor prática”. E, ainda, “as mídias sociais têm uma dinâmica acelerada e nós estamos aprendendo a assumir e cuidar das necessidades e oportunidades no tempo de quem busca interagir com nossa instituição”.

Dúvidas existem, persistem e se tornam mais complexas à medida que refletimos sobre a importância das mídias sociais para o setor educacional. O fato é que não existe certo ou errado quando tocamos em algo chamado relacionamento com pessoas. Por isso, baseado no que aprendemos com as instituições, colocamos abaixo 10 dicas que não podem ser esquecidas no planejamento para um projeto de resultados, considerando que o grande fomentador seja você e sua equipe de colaboradores:

10 PRINCIPAIS DICAS PARA SEU MARKETING EDUCACIONAL NAS MÍDIAS SOCIAIS

1. Monitoramento

É importante lembrar que há menções SOBRE e PARA a IES. Muitas vezes ficamos restritos ao monitoramento da intenção de interagir, ou seja, àquilo que foi direcionado PARA a IES. Essa interação pode ocorrer via mensagens privadas, marcações da IES ou comentários nas páginas e/ou perfis. Porém, por muitas vezes deixamos de identificar as citações SOBRE a instituição, quando a pessoa apenas cita em uma postagem ou durante uma conversa com um colega. Essas menções também são muito ricas para as análises, pois são livres, descompromissadas e não-intencionais.

Para identificar esse tipo de citação, é necessário que a IES possua uma ferramenta de monitoramento de marca nas mídias sociais. A equipe de marketing deve sempre monitorar e armazenar os dados coletados. Se não há estratégia definida e canais oficiais, restringir as respostas é o ideal. Portanto, indicamos pelo menos três meses de monitoramento prévio antes de responder, obtendo subsídios para o diagnóstico ao longo desse tempo.

2. Defina objetivos

Qual é o seu objetivo ao utilizar as mídias sociais na sua estratégia de marketing educacional? Trabalhar posicionamento de marca? SAC? Captação de alunos? Isso deve estar claro para toda a equipe de marketing da IES.

3. Entenda o processo de tomada de decisão do seu aluno

O monitoramento irá auxiliar a equipe de marketing educacional a compreender, também, qual caminho o aluno percorre até decidir em qual instituição vai estudar. É que ele, geralmente, recorre às redes sociais para tirar dúvidas, pedir indicação de amigos ou expressar sua alegria por ter sido aprovado no vestibular.

Nós detalhamos esse processo no post “Processo de decisão de compra do aluno: identifique e trabalhe cada fase para aumentar sua conversão” aqui do blog. Vale a pena acessá-lo. Com o processo de tomada de decisão do seu aluno definido, será possível pensar em ações voltadas especificamente para cada fase.

4. Crie personas

A criação de personas é uma outra opção que também ajudará você a planejar ações. É que após identificar as fases do processo de decisão, você vai começar a perceber que as características de alguns grupos de alunos/prospects tendem a se repetir. Por exemplo, você vai conseguir observar que as citações que estao na fase de “Reconhecimento de Necessidade” geralmente vêm de jovens, com faixa etária de 16 a 18 anos, que gostam de musica eletrônica e moda. Fazendo esse tipo de identificação das características, anseios e expectativas do seu potencial aluno, a equipe terá mais facilidade de montar um plano de comunicação focado para cada tipo de público. Falaremos sobre como criar personas em um outro post.

5. Faça um planejamento de conteúdo

Se você já tiver o processo de tomada de decisão e as personas definidas, já pode começar a pensar em uma estratégia de conteúdo para as mídias sociais que contemple todos esses públicos. Pense fora da caixa. Não se limite a textos escritos! Lembre-se que conteúdo é “informação” e independe da forma que é transmitida. Logo, ele pode ser feito via texto, áudio, vídeo, imagens, infográfico, etc.

6. Crie processos

Se você já possui objetivos estratégicos definidos, é necessário criar formas de fazer esse projeto “rodar”. Um caminho certeiro é a criação e institucionalização de processos. É por meio deles que o gestor conseguirá ter uma visão ampla do cenário da sua IES nas mídias sociais, das pessoas e setores que serão envolvidos e das necessidades para implantar sua estratégia.

7. Envolva setores

O projeto de gestão em mídias sociais não envolve somente o setor de marketing. Ele é institucional. Isso porquê, ao trabalharmos o SAC, por exemplo, recebemos demandas sobre assuntos diversos, que vão desde financeiro, passando por bolsas e financiamentos e biblioteca. Por isso, o envolvimento dos setores é fundamental. Mostre o planejamento, explique os objetivos, mostre para os colaboradores como funciona a dinâmica das redes. Ao envolvê-los no processo, você cria significado. E poderá contar com o apoio.

8. Matriz SWOT

Trabalhe com uma matriz Swot para analisar suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Ela pode te ajudar a visualizar melhor onde a equipe de marketing precisa investir mais energia. Segue abaixo um exemplo:

swot

9. Defina como medir os resultados

É complicado falarmos de marketing educacional em mídias sociais sem falarmos de métricas. Pois é por meio delas que o gestor conseguirá visualizar o trabalho da equipe de marketing. Portanto, defina quais informações sempre irão constar nos seus relatórios. Sua instituição valoriza mais dados quantitativos ou qualitativos? Ou ambos? Vale lembrar que esses relatórios devem ter uma periodicidade definida previamente com a equipe e gestores.

10. Monte um projeto vencedor!

Se conseguir compreender a saúde da sua marca nas mídia sociais, entender o comportamento do seu público e criar formas de se relacionar com ele, será possível reunir todas essas informações e fazer um planejamento estratégico de mídias sociais para criar significado no seu mantenedor.

Agora é a hora de mostrar para ele que por meio das mídias sociais será possível atingir os objetivos definidos. É sempre importante lembrar que, quando se trata de projetos para gerar valor, temos sempre que falar de ROI (Retorno sobre o Investimento). Quantos alunos matriculados essa estratégia vai trazer para a Instituição? Como essa estratégia irá contribuir para a minha retenção de alunos? E os aspectos intangíveis de construção de marca? Como iremos avaliar isso? É esse tipo de informação que interessa ao seu mantenedor.

Para começar, condensamos esses 10. Certamente, adiante existem tantas outras dicas que serão mostradas nas publicações do blog.

Quer conhecer mais dicas vencedores para o seu marketing educacional nas mídias sociais? Fale conosco!

Textos recomendados
Showing 2 comments
pingbacks / trackbacks

Deixar um comentário:

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

processo de decisão de compraFan Page de Sucesso

Não, não preciso comprovar resultados

SUPER RELATÓRIO COMENTADO DO PLANETA Y

Aprenda a ler os relatórios e a extrair dos números as informações mais significativas para o contexto de sua IES.

Super Manual Comentado
x